Portuguese English Spanish

Notícias

No dia 10 de outubro, o Colégio ACR de Fornelos recebeu uma equipa de profissionais do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a fim de levar a cabo uma demonstração de MassTraining em Suporte Básico de Vida (SBV).
Para assistir a esta ação de sensibilização, reuniram-se cerca de 105 alunos, desde o 9º até ao 12º, acompanhados pelo respetivo grupo docente, com o intuito de adquirir conhecimentos teóricos e práticos sobre o que fazer em caso de emergência médica, por forma a procederem e atuarem de forma consciente e informada.
Os objetivos desta ação assentaram na transmissão de noções básicas, como a importância de alertar conscientemente o serviço de emergência médica, ativando o Sistema Integrado de Emergência Médica, através do número 112 e aplicar o mais cedo possível as manobras de SBV em pessoas em paragem cardiorrespiratória.
Inicialmente, os discentes assistiram a uma palestra, onde tomaram conhecimento do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM), funcionamento e meios do INEM e algoritmo de Suporte Básico de Vida (SBV) para o adulto. Numa fase posterior, puderam contactar com o modelo anatómico humano, de modo a simular a atuação perante uma paragem Cárdio-Respiratória. Além disto, adquiriram ainda noções de Manobras de Desobstrução da Via Aérea e treinaram a colocação de uma vítima inconsciente em Posição Lateral de Segurança.
Esta iniciativa serviu como meio de consciencialização, dado que quanto maior a informação sobre o que fazer em caso de emergência médica, mais segura e preparada se torna a nossa sociedade.

 

 

Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying: Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência

Todas as formas de violência escolar violam o direito fundamental à educação e nenhuma escola pode atingir uma educação inclusiva e de qualidade se os alunos estiverem expostos à violência. Acresce que, a violência escolar, onde se enquadram o bullying e o ciberbullying, pode ainda afetar seriamente a saúde e o bem-estar das crianças e dos adolescentes, com consequências negativas que podem persistir até à idade adulta. Por sua vez, a Escola reúne um ambiente propício à aprendizagem e ao desenvolvimento de competências, nomeadamente no âmbito da Estratégia de Educação para a Cidadania, onde os alunos adquirem as múltiplas literacias que precisam de mobilizar para um relacionamento saudável.
Assim, preocupados e atentos aos fenómenos do bullying e do ciberbullying decidimos abraçar um novo projeto. O Ministério da Educação decidiu impulsionar um “Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying” nas escolas. Este plano tem associada a campanha “Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, que se configura como um importante instrumento de sensibilização, prevenção e intervenção, destinado a toda a comunidade educativa, com vista à erradicação deste fenómeno.
O “Plano Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, vai ser implementado no nosso colégio, já no ano letivo 2019/2020, com a colaboração da direção, dos docentes e do pessoal não docente. Neste sentido, elegemos a semana de 14 a 18 de outubro, véspera do Dia Mundial de Combate ao Bullying, como Semana “Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, dando assim início a um conjunto de atividades na perspetiva de que o plano de prevenção seja trabalhado e executado ao longo de todo o ano letivo.
Para mais informações, aceda a: www.sembullyingsemviolencia.edu.gov.pt

 

Consulte os clube a funcionar no ano letivo 2019-2020.

Clique aqui.

Já se encontra atualizado o calendário escolar para o ano letivo 2019-2010.

Consulte aqui.

O colégio já está a preparar o próximo ano letivo. Fique a par das atividades iniciais.

Consulte as datas do início das aulas e as reuniões com os encarregados de educação.

Consulte também as atividades a realizar logo no início de setembro.

Pág. 11 de 119

Ir para topo